foto2-1.jpgfoto2-2.jpgfoto2-3.jpg

O que é uma pessoa?

 

Pessoa é um substantivo que se aplica exclusivamente ao ente humano, quando este contempla uma Conditio sine qua non, qual seja ele haverá de ser digno de ser ao Ser*, e para sê-lo, selo algum, de qualquer outro ente, não será necessário para lhe dar autenticidade, pois a pessoa haverá de se fazer por si, sem depender de quaisquer acidentes**. De outra forma, contudo, sem alterar o conteúdo desse axioma, afirma-se que o ente humano só é considerado pessoa se e somente se () portar, entre tantos caracteres que lhe são necessários à sua própria estrutura orgânica, três especiais que estão exclusivamente ao alcance da espécie humana, quais sejam a consciência de si, a racionalidade, e sobretudo, o desejo incessante de se inclinar à ética, e a ela se subordinar, ou seja, haverá ele – o ente humano – de ser capaz de só agir conforme fins que estejam fundados nos valores éticos.

Se ele – o ente humano – for contemplado com esses três caracteres especiais, terá esse, sem dúvida, a contínua e necessária disposição a cultivar os valores absolutos e perenes.

 

* - O “Ser” é aquele que não foi e não será, tão somente é desde o princípio...

 

** - A palavra acidente (na sua acepção filosófica), se opõe à palavra caráter, faz oposição à qualidade primária, ou seja, é um ente que não faz parte da essência de outro ente (aqui considerado ente humano), logo, poderá ser ou não a ele atribuída.

 

PS - Fico-lhe muito obrigado pela sua visita; se ler mais, ainda que seja por acaso, caso a menos, não farei da sua atenção.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar